Pra começo de conversa

Mário Pedrosa (1900-1981) completaria 120 anos em 2020, na vanguarda do pensamento de esquerda no Brasil, manifestado em sua paixão pela política e pela arte. Uma cabeça genial que as gerações mais jovens não conheceram. Mas deveriam.

É urgente revisitar Pedrosa. Hoje, agora e enquanto o fascismo continuar como ameaça tão concreta e, talvez, mais danosa que um vírus. É preciso.

Em sua memória, Cemap-Interludium criou este site, que é o canal por onde a homenagem se concretiza e continuará sendo atualizada pelos próximos anos, comemorando a década dos 120 anos de Mário Pedrosa. Quem ainda desconhece Pedrosa pode começar pela Linha do Tempo, com momentos importantes de sua vida, além de parte do contexto político, cultural e social de seu tempo. Na Exposição está o pensamento do jovem Mário, em correspondência com o amigo Lívio Xavier na década de 1920, período crucial para tomada de decisões sobre os rumos para toda a vida.

Para saber mais sobre sua obra e pensamento, por meio de seus escritos, pelas palavras de quem o estudou ou quem teve a oportunidade de convivência, o visitante deve entrar nas páginas de Reflexões. Explore o site, conheça o projeto e nos diga o que achou.

Salve, Mário Pedrosa!

Conheça mais sobre o projeto

Apesar da pandemia da Covid-19 ter limitado as ações do projeto Mário Pedrosa 120 anos desde seu início, em março de 2019, aqui é feita a homenagem desejada a tão importante personalidade do século 20, cujo legado continua atual. Navegue para explorar.

Saiba mais.

O prédio do Cedem visto de fora, no centro de São Paulo

Como ponto de partida para o vasto conteúdo online sobre Mário Pedrosa, disponibilizamos links de acesso a instituições, bibliotecas, museus e centros de pesquisa que estão ligados à memória e à produção intelectual de Pedrosa.

Acesse e confira.

Uma abundante documentação, com itens tão variados quanto livros, textos, jornais, fotografias, áudios, cartazes, adesivos e “buttons” integra o Centro de Documentação do Movimento Operário Mário Pedrosa (Cemap).

Saiba mais.

Artigos e reflexões sobre Pedrosa

O professor José Castilho Marques Neto

José Castilho Marques Neto: É sempre muito importante revisitar e debater as ideias e a vida de Mário Pedrosa, intelectual, crítico de arte e militante socialista que detém um referencial ímpar tanto tanto na esquerda brasileira quanto internacional.

Dainis Karepovs: Quando o jovem militante do Partido Comunista do Brasil (PCB) Mário Pedrosa foi enviado para cursar a Escola Leninista em Moscou ele fez uma escala em Berlim. Mas dali, por razões de saúde e, em especial, por ter-se inteirado do que ocorria em Moscou como resultado dos confrontos entre Stalin e Trotsky, sua viagem não mais prosseguiu.

Quito Pedrosa: Quando pensamos em legado, muitas vezes estamos nos referindo à obra formal deixada por um autor e em como esta influenciará o seu campo de ação e as futuras gerações. Em alguns casos específicos, o legado é simplesmente o efeito na posteridade das ações praticadas ao longo de uma vida.

Patrocínio

Apoio

Realização